Como doar para o combate ao coronavírus

Como doar para o combate ao coronavírus

Entidades da sociedade civil estão arrecadando doações para ajudar no combate ao coronavírus. Veja como ajudar.

Central Única das Favelas: a Central Única das Favelas busca apoio para moradores de comunidades. As doações podem ser feitas em dinheiro por meio de contas bancárias e/ou vaquinha online. Os recursos serão usados para comprar alimentos e itens de higiene, como sabão em pó, sabonete e papel higiênico. Saiba como doar.
Data da inclusão: 23/3

Fundo Emergencial para a Saúde: o Fundo Emergencial para a Saúde recebe doações em dinheiro que serão repassadas aos seguintes hospitais públicos e instituições de ciência e tecnologia envolvidas com o combate ao coronavírus: Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), Irmandade Santa Casa de Misericórdia de São Paulo, Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP, Fundação Faculdade de Medicina e Comunitas. Saiba como doar.
Data da inclusão: 23/3

Hospital São Paulo: o Hospital São Paulo pede doações de materiais como máscara, álcool gel, aventais e óculos de proteção. O objetivo é atender os profissionais da instituição, que também solicita ajuda com dinheiro. Materiais devem ser encaminhados para o seguinte endereço: Rua Borges Lagoa, 570. O funcionamento é das 7h às 18h. Informações para as doações são encontradas neste link.
Data da inclusão: 24/3

Unicamp: a universidade criou o Núcleo de Voluntariado para que os interessados possam ajudar em tarefas que incluem desde atendimentos telefônicos a pessoas isoladas até forças tarefas para buscar doações financeiras, de bens e produtos para a área de saúde da Unicamp. Saiba como ajudar.
Data da inclusão: 24/3

UFMG: A UFMG, junto com o Instituto dos Advogados de Minas Gerais (IAMG) e a Fundação de Desenvolvimento da Pesquisa (Fundep), faz campanha de financiamento coletivo para arrecadar recursos para aquisição de medicamentos, insumos, equipamentos e serviços destinados aos hospitais de Clínicas da UFMG, Risoleta Tolentino Neves e UPA Centro-Sul, os dois últimos gerenciados pela Universidade e pela Fundep. Saiba como doar.
Data da inclusão: 24/3

Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo: residentes e profissionais de outras áreas criaram o movimento #VemPraGuerra, que tem o objetivo de arrecadar até R$ 10 milhões para a instituição. O dinheiro será usado para adquirir insumos necessários para a proteção de funcionários e pacientes. Informações para as doações são encontradas neste link.
Data da inclusão: 25/3

Espalhe Cestas: iniciativa do Movimento Maisha e que atende a região da Grande Belo Horizonte. Através de uma “vaquinha” online, o grupo pede doações, em dinheiro. O montante arrecadado é destinado à compra de cestas básicas que são distribuídas em comunidades da região. Segundo o grupo, em média, cada cesta básica ao custo de R$ 100,00 reais atende uma família de 4 pessoas durante um mês. Saiba mais aqui.
Data da inclusão: 26/3

Movimento de Luta nos Bairros Vilas e Favelas: a organização lançou uma campanha nacional para arrecadar produtos de higiene, alimentos e dinheiro para ajudar quem vive em comunidades e bairros periféricos. Em Belo Horizonte, as doações devem ser feitas em dois postos: na Ocupação Carolina Maria de Jesus (rua Rio de Janeiro, 109, centro) e Creche Tia Carminha (Avenida Perimetral, 154, Barreiro).
Data da inclusão: 26/3

Se você encontrar alguma informação desatualizada nesta reportagem, entre em contato conosco pelo Fale com o G1.